MENU

Qi Men Dun Jia

Qi Men Dun Jia significa literalmente "porta misteriosa esconde o tronco celeste - Jia", é um dos principais sistemas da metafísica chinesa. Existem duas escolas principais, a San He que utiliza oito direções e é usada como oráculo / divinação ou como forma de alterar o rumo dos acontecimentos obtendo resultados desejados. Originalmente desenvolvida para usos militares em tempos tão antigos como o período dos "Estados Litigantes", as aplicações desta arte estenderam-se depois a variadas áreas tais como estratégia de negócios, descoberta de crimes, arranjos de casamentos, procedimentos médicos, feng shui, encontrar pessoas desaparecidas, viagens, sorte pessoal, etc. As cartas de Qi Men Dun Jia são desenvolvidas a partir de vários pratos, cada um com oito casas, que incluem o prato do céu, o prato da terra, o prato dos espíritos, o prato das portas, o prato dos troncos celestes e o prato das estrelas. Cada hora dupla chinesa gera um mapa (ao todo existem 1080!) que é depois a base da interpretação. Elaborar estes mapas requer um trabalho aturado, mas hoje em dia essa parte é normalmente efetuada por computadores e tablets. Qi Men Dun Jia foi das artes mais secretas ao longo dos tempos, muitas vezes restringida à corte imperial. Hoje em dia o seu uso está a popularizar-se rapidamente, com relevo para o sudeste asiático. Em países como Singapura existem hoje numerosos adeptos que não dão um passo sem consultarem este oráculo.

A escola San Yuan utiliza os 64 hexagramas e é usada essencialmente como forma de seleção de datas para casas e jazigos (feng shui yin e yang), normalmente em conjunção com o Xuan Kong Da Gua (hexagramas). Utiliza apenas dois pratos, Ba Men (oito portas) e San Qi Liu Yi (3 raros, 6 comuns), mas depois através da sequência celeste anterior, oito direções são expandidas para 64. Durante muitos anos Zeng Zi Nan, o famoso guru do feng shui san yuan de Taiwan publicou os famosos almanaques com estas cartas sem que este cálculo fosse do domínio mesmo dos mestres mais reputados e a arte quase se perdeu. A ENFS orgulha-se de apresentar cursos para os seus alunos avançados de Qi Men Dun Jia San He e San Yuan, em mais uma ação pioneira no mundo ocidental.