close

 

Introdução
Tan Yang Wu é o fundador da linhagem um dos mais relevantes mestres de Feng Shui de todos os tempos, em especial na disciplina das Estrelas Voadoras - Xuan Kong Fei Xing. Nasceu na China Imperial na província Jiangsu no ano de 1890 (Geng Yin) ou em 1891 (Xin Mao). Alguns autores consideram 1890 outros 1891. Isto é talvez devido ao fato de os chineses contarem a sua idade desde o momento da conceção. Por isso a data mais provável do ano de nascimento é 1981. Desde muito novo se interessou por Feng Shui e aos 19 anos estudou com o mestre Yong Chin Lu (Yang Jiu Ru), parente de Zhang Zhong Shan quando este tinha cerca de 70 anos. Zhang Zhong Shan é o fundador da Wu Chang Pai, a escola dominante de Estrelas Voadoras nos dias de hoje.
 

Vida Profissional
Tan Yang Wu teve vários empregos na sua juventude. Trabalhou para para a concelhia de Shangai tendo sido nomeado chefe de educação das zonas rurais e depois chefe do departamento de telegramas e comunicações. Paralelamente começou a desenvolver atividade como consultor  e professor de Feng Shui para casas yin e yang obtendo grande notoriedade. Publicou os seguintes livros:

1 - O Grande Caminho Xuan Kong (1923)
Um livro dedicado à teoria das Estrelas Voadoras.
2 - A Eficácia do Xuan Kong (1924)
Um livro que tem como base vários casos práticos de sucesso da aplicação do Feng Shui e das Estrelas Voadoras.
3 - Di Li Bian Zheng Xin Jie (data desconhecida)
4 - Xuan Kong Liu Fa Ben Yi (1948)
Um livro dedicado ao Liu Fa, o cálculo dos seis métodos.

Estes livros publicados pelo próprio, foram todos destruídos durante a ocupação japonesa com exceção de uma exemplar de cada título, salvos por Sui Beng um dos seus alunos.
 

Escola de Feng Shui e discípulos (1922 - 1930)
Em 1922, com 32 anos, fundou a primeira escola de Feng Shui, um conceito revolucionário na altura, situada na Rua Chengdu no. 716. Foi a primeira escola semi-aberta ao  publico visto que até essa data o Feng Shui era apenas ensinado através da vivência com o mestre ao longo de muitos anos. Com Tan Yang Wu entrou-se numa era mais moderna, com um tipo de ensino mais reconhecível para a mente ocidental. Foi a partir de aí que ensinou os seus dois discípulos que efetivamente continuaram a sua linhagem: Yen Pen (1873-1957), autor do Er Zhai Shi Yan e Sui Beng (1920-1998) que salvou os exemplares dos seus livros. Estes livros foram depois passados para o mestre Francis Leyau na Malásia que os publicou novamente várias décadas mais tarde.
 

Liu Fa (1930 - 1948)
Por volta de 1929 Tan Yang Wu estudou com um mestre taoista chamado Lee Chen Xu, de Jiangsi na província de Henan. Diz-se que Lee Chen Xu comunicou a Tan Yang Wu os "verdadeiros mistérios do Feng Shui Xuan Kong" e a arte do Liu Fa (cálculo que se traduz literalmente por Seis Métodos).
Pouco depois em 1930, Tan Yang Wu comunica oficialmente que não se pode utilizar Estrelas Voadoras para Yin Zhai e publica um anúncio num jornal de Shangai onde se prontifica a refazer todas as consultas de Yin Zhai. Até aí Tan Yang Wu utilizava as Estrelas Voadoras para ambos tipos de casas Yin Zhai - casas dos mortos / campas e Yang Zhai, casas dos vivos. Esta é uma das histórias mais famosas de Feng Shui. Existe alguma confusão sobre esta história, mas, para clarificação definitiva, foram as consultas de Yin Zhai com Estrelas Voadoras que Tan Yang Wu considerou erradas e não as consultas de Yang Zhai. Daí que hoje em dia Estrelas Voadoras utilizam-se exclusivamente para Yang Zhai, casas dos vivos.
 

Desaparecimento (1949)
Tan Yang Wu viveu durante uma época de grande turbulência política e social. Desde a ocupação ocidental, ao desaparecimento da China Imperial (1912) e nascimento da República da China, à ocupação Japonesa, à segunda guerra mundial e finalmente à instauração da Republica Popular em 1949, A China viveu enormes mudanças. Pouco depois de 1948, Tan Yang Wu desapareceu, indo possivelmente viver no Sul da China, para não mais se saber do seu paradeiro. O seu desaparecimento coincide com a proibição do Feng Shui na China maoísta de Mao Zedong.

Linhagem Tan Yang Wu
Porque é que há uma linhagem Tan Yang Wu dentro da Wu Chang Pai de Zhang Zhong Shan? Porque a partir da publicação do livro de consultas de Zhang Zhong Shan, surgiu uma outra linhagem (linhagem escrita) de Shen Zhu Reng. No entanto, Tan Yang Wu é a única linhagem direta e oral de Estrelas Voadoras Wu Chang Pai, se bem que através de Yang Jiu Ru, o parente de Zhang. Também porque estabeleceu a primeira escola de Feng Shui aberta ao público, se bem que com alunos selecionados, fazendo assim a transição de um período de secretismo para um período de semi-abertura. Finalmente porque desde de Tan Yang Wu, a linhagem está perfeitamente documentada através de livros teóricos, compilações de casos práticos e transmissão sem falhas de mestre para discípulo.

Newsletter

Fique a par das nossas novidades.

Webinar grátis: Como o Feng Shui mudou a minha vida

Newsletter

A sua informação nunca será partilhada com terceiros
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt

Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt