MENU

O Relógio Biológico Ana Pedro Antunes, 03 de Julho de 2017

Teremos um relógio biológico?  Consegue identificar o seu?  Consegue respeitar os seus ritmos naturais? 
 
Quero acreditar que, refletindo um pouco, todos conseguem verificar que a nossa atividade se altera em diferentes horários, conforme o clima diário e as diversas estações, em idades diferentes, ou seja, isto significa que há ciclos biológicos que nos comandam. Posto isto, podemos evoluir nesta análise e alargar para outras ilações: há pessoas que gostam do dia, outras da noite; uns são calados, outros faladores; uns são baixos outros altos; gordos e magros; rabugentos, alegres, tímidos, extrovertidos, rígidos, flexíveis, enfim... há diferentes características, em função de diversos fatores. Continuando a aprofundar esta ideia: existem casas que são agradáveis, outras são desagradáveis: numas sentimos aromas desagradáveis noutras é agradável; algumas ganham humidade e bolor, mesmo que sejam arejadas, outras são tão secas que nem respiramos bem; o Sol entra por algumas, às vezes com excessiva intensidade, noutras nunca se pode receber um raio de Sol: o frio que passamos no Inverno, ou o calor no Verão; a poluição que entra pelas janelas, ou o pólen que respiramos; os ruídos, os sinais eletromagnéticos, a presença de água no subsolo, tudo isto e muito mais influencia a nossa qualidade de vida. E se somarmos todos estes fatores e se o somatório for negativo? Chegamos ao resultado que ninguém quer: a doença, o enfraquecimento de alguns órgãos, a perda de algumas funções vitais. Se chegou até esta parte da análise e consegue entender que estes são factos indesmentíveis, então está preparado para ler o que falta.

Fazendo uma análise aprofundada de Feng Shui, que pode passar por observar a casa onde viveu anteriormente, levando em consideração o seu estilo de vida e as suas características do ponto de vista das 5 transformações da natureza, conseguimos identificar qual a parte do corpo e da casa que precisam da sua urgente atenção e alteração. 
 
Comece hoje, observe-se a si e tome nota do que o rodeia.