MENU

Leitura do Rosto Maria Gillott, 26 de Novembro de 2019

O rosto é seguramente a parte mais expressiva do corpo humano, por ter um elevado número de músculos. Todos os dias observamos de forma consciente ou inconsciente a expressão de amigos, de membros da família, assim como de todas as pessoas com quem nos cruzamos ao longo do dia, seja na rua, nos cafés, nos transportes públicos ou onde quer que estejamos.
 
“Leitura do Rosto” é uma das artes cultivadas no oriente, porque esta diz muito acerca da personalidade, da saúde, do modo de pensar de cada indivíduo, e também dos seus pontos fortes e fracos. As crianças têm geralmente um rosto mais limpo de linhas, marcas, cicatrizes e outros sinais. À medida que o tempo passa, o rosto e a expressão muda, assim como muda o comportamento da pessoa.
 
Quando era adolescente, costumava ver expressões que me faziam pensar. Por exemplo, recordo-me vivamente de uma empregada de mesa do meu café favorito, que costumava servir-me a morder o lábio. Perguntava-me: por que razão estaria ela sempre a fazer isso? Também tenho bem presente o rosto do meu professor de arte que, ao sorrir, torcia a boca para a esquerda! Assim, expressões de muitas outras pessoas fizeram parte dos meus primeiros anos de vida. Mais tarde, ao estudar a arte da leitura do rosto no East-West Centre, em Londres, comecei a perceber a razão de ser de muitos destes tiques e expressões.
 
Um dos primeiros mapas que aprendi foi o que atribuía cada uma das diferentes partes do rosto a cada um dos órgãos do corpo humano (ver diagrama 1). Aí percebi a razão por que uma pessoa que bebe demasiado tem tendência para desenvolver um nariz inchado e avermelhado. A expansão dos vasos capilares nessa zona, corresponde à expansão do coração e do sistema circulatório no geral. Isto é, a saúde do coração reflete-se na ponta do nariz, porque como o coração está na parte central do tórax, assim o nariz está na parte central da cara, estando assim naturalmente relacionados.
 
De cada um dos lados do coração, temos os dois pulmões e, sendo assim, as duas narinas. Portanto, ambos os lados da ponta do nariz estão associados aos pulmões. Com este tipo de pensamento associativo, podemos perceber que narinas largas indicam uma boa capacidade de absorver oxigénio e um bom sistema respiratório.
 
Um outro mapa muito interessante desenvolvido na china tradicional, é o que associa cada ponto da cara a uma idade específica. Tem o nome de “Mapa dos 100 anos”, porque considera 100 pontos que correspondem a todas as idades, desde o 1º ano de vida, até aos 100 anos. Uma curiosidade deste mapa é que o mapa do homem tem as idades estão invertidas em relação ao mapa das mulheres, exceto os da linha central da cara, que são os mesmos para ambos os sexos.
 
Quando temos uma dada marca num determinado ponto da cara, por exemplo, um sinal de beleza ou verruga, isso pode significar uma doença ou fraqueza quando a pessoa atingir essa idade. Sendo assim, ter uma consulta de leitura de rosto pode ser muito útil sob o ponto de vista de prevenção. Isto é, com devida atenção à saúde, um potencial problema pode ser evitado.
 
Recentemente, o filho de uma grande amiga minha, teve um acidente de moto, com apenas 16 anos  de idade, e ficou com uma cicatriz na zona entre as sobrancelhas, que se chama “Palácio da Vida”, que corresponde às idades entre os 25 e 28 anos. Por isso, aconselhei este adolescente a ter muito cuidado nessas idades. Esta zona pode-se ver no diagrama 1, corresponde também ao fígado, que é precisamente um dos pontos fracos deste adolescente.
 
Tal como a leitura da mão, a leitura do rosto fornece importantes indicações da saúde presente, passada e futura, sendo uma excelente arte para nos guiar na vida, seja no imediato ou a longo prazo, como por exemplo, prevenir uma doença que se pode prever com vinte ou trinta anos de antecedência. Tanto sob o ponto de vista de prevenção de doenças, como de diagnóstico, merece bem ser aprendida e estudada!