MENU

Ações complementares à consulta de Feng Shui Vanda Passos, 06 de Junho de 2018

Ao fazer uma consulta de Feng Shui, apresento ao cliente um relatório com curas para as Energias prejudiciais que foram identificadas e harmonização geral do espaço segundo métodos de Feng Shui. Termino o relatório com considerações gerais que ajudam na mudança pretendida pelo cliente.
A Metafísica chinesa, do qual o Feng Shui faz parte, diz que somos um todo com o Universo. Para nos equilibrarmos com o todo, não basta alterar a casa e esperar que o equilíbrio venha só daí, a casa reflecte-nos! Precisamos nos harmonizar também! A nossa conduta torna-se nessa altura mais fácil de mudar, abre-se uma nova oportunidade de reflectirmos a harmonização que o feng shui fez no nosso espaço. A harmonização da casa obtida através do feng shui gera uma fluidez energética que propicia a mudança do habitante. É a altura de agarrar a oportunidade e cuidar bem de nós e do que nos rodeia! A tarefa é amar, cuidar, respeitar! Quem? Para começar, a nós mesmos, para nos equilibramos e carregar-nos com Energia positiva, aproximando-nos de um Universo equilibrado. Quando nos encontramos nesse estado energético, é isso que transmitimos à nossa envolvente e é isso que atraímos. É aí que aparece os momentos de sorte, de sincronicidade (as coincidências boas) e fluidez.
 
Começamos então por amar a nós próprios, para carregar a nossa “bateria” de boa Energia, de forma a usá-la em benefício próprio e consequentemente, transbordá-la também para os outros. Para isso é fundamental trabalharmos os seguintes aspectos:
Abandonar críticas pessoais, substituindo por pensamentos do que gostamos mais em nós.
Cortar com pessimismo, lembrando o que temos de bom nas nossas vidas, dando mais força ao que é bom e retirando energia ao que é menos bom.
Aceitar que o lado menos bom é só a outra face de algo muito bom. Há sempre um yin como outra face do yang, há sempre sombra do outro lado da luz.
Tratar do nosso corpo, fazendo “manutenção diária” da nossa própria “matéria”, como fizemos e devemos continuar a fazer na casa com o feng shui, com incidência no que demonstra mais necessidade de cuidado, o que vai aumentar a auto-estima e reforçar a energia pessoal.
Consumir produtos alimentares simples e de qualidade natural, reduzindo os transformados (enlatados, pré-cozinhados, etc), açúcar, lactose e glutén. Variar bastante os ingredientes e dar preferência a frutas, legumes, leguminosas, arroz, lavando tudo muito bem previamente, buscando a energia boa dos nutrientes naturais, evitando elementos químicos no nosso corpo.
Praticar desporto respeitando o nosso corpo, disciplinando-o, sem forçar, mas evoluindo. Aconselho yoga, tai chi ou chi kung porque trabalham a respiração e o corpo com movimentos naturais, alinhando e desbloqueando os nossos canais energéticos, e trabalham também o controle da mente e espírito, mas qualquer prática que faça mexer o corpo e dê alegria é uma boa opção.
Se não tem tempo para fazer desporto, pelo menos respire! Respirar bem é muito importante, é o precioso e imediato veículo que temos de absorção de Chi ou Prana (Energia Vital). Inspirar pelo nariz, sentindo o abdómen a encher e expirar pela boca, vazando todo o abdómen calmamente, sentindo e observando mentalmente os movimentos do nosso corpo, é um exercício de meditação que limpa a nossa cabeça, liberta tensões e pode ser feito em qualquer altura e lugar. Pode ser feito a cozinhar, conduzir, na cama antes de dormir, a trabalhar… ou simplesmente sentado confortavelmente, a observar uma flor ou o gato a brincar, algo prazeroso.
 
Praticar desporto, ter pensamentos bons, comer bem, respirar bem de vez em quando, cuidar do corpo, são bons vícios que podem ser difíceis inicialmente. São mudanças, e como tal precisa de rotina diária para que o nosso corpo e o cérebro se habituem. O ser humano é como uma máquina que precisa de ser programada, e isso obtém-se com insistência na repetição para gravar os novos hábitos. Por isso, cada vez que ficar além dos objectivos a que se propõe, deve aceitar e louvar o esforço, a evolução, mesmo que seja pequena é um passo, mantendo os pensamentos positivos, respeitando-se, sem críticas nem culpas. Isto é muito importante! Remoer culpas não resolve nada e consome grandes quantidades de energia, que é melhor aplicada num momento de positivismo e produtividade, no precioso momento actual, o Presente, que é um presente que recebemos, uma nova oportunidade de fazer melhor.
 
O segundo passo é a manutenção do espaço tratado com a consulta de Feng Shui.
Sejam as Energias mais ou menos positivas nas diversas divisões da casa, é sempre importante manter o equilíbrio entre arrumação/limpeza e usufruto de todos os espaços. Obstáculos a uma boa fluidez da energia torna-a menos activa, levando a zonas de acumulação de energia e estagnação da mesma, perdendo qualidade, o que vai influenciar negativamente os habitantes. Objectos não utilizados é melhor doar ou vender, para evitar estagnação e dar-lhes outra vida, serem úteis a outros e aliviar da sua manutenção e energia estagnada. A doação ou reciclagem são actos de cuidar dos recursos do Planeta, e consequentemente do Ser Humano! É tratar bem o Universo, com Amor e Respeito pelo Todo, o Tai (do qual fazemos parte).
O mesmo acontece com objectos que despertam más recordações, ou maus pensamentos, que estejam estragados ou partidos. Arranjar o que tem arranjo, retirar o que está estragado ou a mais.
 
Outro factor importante que muito influencia a saúde e bem-estar do habitante é a quantidade de iões negativos que o rodeia. Maior quantidade de iões negativos aumenta níveis de energia e boa disposição. No mundo natural, iões negativos abundam em florestas, praias e mais intensamente perto de cascatas de água. Inversamente, uma maior quantidade de iões positivos estão ligados a cansaço, falta de energia, stress, irritabilidade e depressão. Na natureza, ionização positiva ocorre naturalmente com ventos altos, poeira, humidade e poluição. Têm um pico imediatamente antes de uma tempestade eléctrica. Dentro de casa também temos ar poluído que vem da rua, humidade e a ionização positiva cresce com o uso de computadores, luzes e aparelhos eléctricos, especialmente ar condicionado, fibras sintéticas de cortinas, sofás, e diversos tecidos que usamos constantemente.
Por isso, outro conselho que dou nos meus relatórios de consulta de Feng Shui para boa manutenção do trabalho feito, é a colocação de plantas em toda a casa, sendo esta a forma mais fácil de limpeza do ar e boa ionização.
 
Boas mudanças, muita Saúde, Amor e Prosperidade!